Mixar no Linux - Parte II - Baixo

Bom, hoje é domingo, eu to com uma dor de cabeça violenta, e mesmo assim vim escrever aqui, por que espero que sejam importantes essas informações pra vocês, hehehe. Ele é o super grave, o alicerce por sobre onde a música é feita, é o peso, a força, responsável pela união de ritmo e melodia, sim meus amigos o grandioso contrabaixo!! De uns anos pra cá ele deixo de ser apenas mais um integrante da cozinha para trabalhar de verdade na música. É mais ou menos um zagueiro que faz lá seus gols. Então vamos nessa, algumas diquinhas para o baixo na nossa popular tabela de referência:

Use o high pass filter para cortar entre 40 e 50Hz, isso dará mais clareza nos graves

60...80Hz dá corpo, peso (Q=1.4)

Em baladas pop, costuma-se explorar a faixa entre 80-100Hz para dar mais peso.

Em muitos baixos, a região entre 120 e 350Hz é aquela onde está a "personalidade" do instrumento. Para sonoridades mais quentes é justamente aqui que você irá trabalhar.

400...500Hz reforce para mais clareza na melodia (Q=1)

700...1000Hz ataque (Q=1.4)

2000Hz região da "voz" em baixo fretless, legal destacar para solos

1,500...3000 pegada e inteligibilidade (Q=1.4)

5000...7000Hz slap, "dedilhado" (Q=1.4)


Como você pode notar nem só de graves vive o baixo, portanto partindo desta idéia temos muitas frequencias para trabalhar e também boas surpresas durante a mixagem. Mas para chegar até aqui temos que gravar bem. Prefira o baixo ligado a uma Direct Box, microfone pode sujar muito o som dele (mas se for um baixo acustico fica legal o mic). Os ajustes de eq no amplificador ficam ao gosto do músico. Quanto à compressão: use ataque entre 10 e 50ms (a depender do instrumento, "pegada" do baixista e claro do tipo de musica) e release em cerca de 250ms. Se o compressor tiver a função automatica, use. Ajuste o threshold para uma redução de ganho entre 6 e 9dB nos picos, isso irá ajudar o som a ter consistência sem parecer artificial.
Nunca use reverb no baixo, isso quase sempre dá %$&*&##$
Use distorção, exciter, chorus, flanger ou açúcar a gosto...

É isso galera bons sons ae, e melhoras pra mim...

PS: . aaaaaiii minha cabeça...

6 comentários:

Junkie 12 de julho de 2009 11:28  

Ninja! Nem preciso dizer que já sou seu fan cara!

Toma uma aspirina ai meu jovem! :P

É isso ai!!!

Ailton 7 de agosto de 2009 17:20  

Ai Ninja...blz! parabens pelo otimo site..tenho este teu blog como referencia. Quando vamos ter um novo post?
Abraços!

Marcel 19 de outubro de 2009 14:22  

Pow, não vai ter continuação da série?

Eu nem uso Linux e tal, mas achei os posts muito bons! Queria saber sobre a mixagem das guitarras e do vocal... O uso de plugins e tal...

Hapi 20 de janeiro de 2010 18:30  

hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

tagskie 26 de maio de 2010 18:30  

hi.. just dropping by here... have a nice day! http://kantahanan.blogspot.com/

JanuskieZ 30 de junho de 2010 00:00  

Hi... Looking ways to market your blog? try this: http://bit.ly/instantvisitors

Postar um comentário

Studio Linux BR?

Olá galera!
Eu sou o Ninja, e este é um blog relacionado a gravação e edição de audio usando programas opensource e freeware em plataforma Linux. Espero que curtam! Não deixem de conhecer meu trabalho musical no site www.ninjamusic.com.br